Landing page para concessionárias: como criar uma máquina de leads

Tempo de leitura: 17 minutos

[Total: 2    Média: 5/5]

Quando você pensar em landing pages para concessionárias, veja-as como a principal etapa da campanha on-line da loja. Se elas não conseguem envolver o usuário, todo o trabalho está perdido.

Uma landing page não é uma página online qualquer. Ela existe especialmente para promover a conversão de usuários em leads, que é das métricas mais importantes para o marketing digital.

É difícil resistir a uma landing page persuasiva. Com imagens de alta qualidade, o título certo e informação objetiva, logo o visitante entende que valeu a pena chegar até ali e que está diante de uma oportunidade. Então, por que não deixar os dados de contato para baixar um material ou ganhar uma oferta especial?

Com a finalidade de direcionar o público, uma boa landing page (em tradução livre, “página de pouso”) pode persuadir não propriamente pelo conteúdo que apresenta, mas por ser o toque final do trajeto que levou o visitante até aquela página.

As landing pages são, em geral, a página para a qual o usuário é direcionado quando clica em um dos calls-to-action (CTAs) em e-mails, anúncios online ou outros canais de geração de tráfego. Elas estimulam a conversão do usuário, que deixará suas informações de contato (telefones ou e-mail), facilitando o trabalho da concessionária na identificação do lead e na criação de estratégias para guiá-lo pelo funil de vendas.

Só que criar landing pages de alta conversão envolve muita pesquisa e teste. Você precisa ter algumas noções na manga e, claro, as ferramentas adequadas.

Entenda finalmente qual a função das landing pages para concessionárias, conheça os seus benefícios, saiba quanto custa e os passos para construir uma. 

ebook dicas práticas de marketing digital automotivoPowered by Rock Convert

O que são e qual a função das landing pages?

Vimos que as landing pages são páginas de “aterrissagem”, também chamadas de páginas de destino, no ambiente on-line. É onde o visitante chega depois de clicar em um anúncio veiculado por uma campanha (paga ou orgânica) que roda no universo digital. 

A principal função das landing pages é ofertar algo de valor para o usuário — seja um conteúdo, um desconto, uma cotação de veículo — e, em troca, receber suas informações (geralmente de contato). 

Sua função primordial é gerar leads, ou seja, fazer com que visitantes deixem os dados para contato e convertam-se em potenciais oportunidades que, posteriormente, serão abordadas pelos profissionais da concessionária.

Por isso, as LPs costumam conter um título atrativo, um texto objetivo breve, além de imagens, ou um vídeo, e um formulário com campos a serem preenchidos pelo visitante, caso aceite o que propõe a página.

As palavras-chaves devem estar presentes nas landing pages. Isso porque as páginas precisam fazer sentido para o visitante, em concordância com a oferta e a chamada para ação (call to action) que o levou até lá.

Sua relevância diante dos processos de marketing de atração e de conteúdo é enorme, mas nem sempre isso é percebido nitidamente. Se você não entender a importância das landing pages para concessionárias, não vai compreender o impacto que causam nos custos de uma campanha on-line, o que é muito grave.

Quais os benefícios das landing pages para concessionárias?

Quando otimizadas e bem alinhadas com as campanhas online, as landing pages ajudam a melhorar as taxas de conversão, contribuindo para a economia dos recursos investidos.

Boas LPs também geram impactos sobre as buscas dos usuários. Isso significa que o consumidor encontra com facilidade resultados satisfatórios para a pesquisa que realizou e o Google avalia esse efeito como positivo.

Na verdade, estamos falando do Índice de Qualidade (Quality Score) do Google Ads, uma classificação que considera, numa avaliação de 0 a 10, se as palavras-chave, o anúncio e a landing page que você está utilizando são realmente quesitos pertinentes na busca feita pelo usuário.

Qual a relação entre landing pages e campanhas?

A qualidade e a relevância da sua landing page estão entre os fatores que influenciam diretamente a classificação de Google Ads para determinar qual será o custo por clique (CPC), que é a cobrança dos anúncios por número de cliques dos visitantes.

Não é mistério que existem outros fatores a compor o Índice de Qualidade do Google, mas o que importa para nós neste momento é observar o quanto a sua landing page pesa nesse processo.

Afinal, é o Índice de Qualidade que define a posição em que seu anúncio vai ser exibido. Nós já sabemos que se um anúncio tem boa exposição, aparece nos primeiros lugares do ranking de resultados de pesquisas e recebe mais cliques, certo?

Então, veja como a classificação de qualidade do Ads é importante: quando o seu anúncio recebe muitos cliques, o Google recompensa você com uma melhor avaliação e custos por clique mais baixos.

Melhorar a landing page, portanto, vai influenciar o posicionamento do anúncio no ranking de resultados e diminuir o valor do custo por clique (CPC). Por fim, acaba afetando os custos de toda a campanha.

Mas se eu já tenho um site, preciso de landing pages?

Landing page e site têm atribuições distintas. Enquanto a primeira objetiva exclusivamente a conversão, o site busca apresentar as informações da concessionária como um todo.

O site contém dados corporativos, pode conter páginas de produtos, conteúdo noticioso, FAQ e outras elementos comunicativos. Mesmo que seu site já tenha evoluído para um showroom virtual, que traz uma experiência melhor do usuário com as ofertas, ainda assim ele não é focado em um único produto, o que dificulta a conversão de um usuário que veio de uma campanha específica.

As landing pages, por outro lado, são construídas para serem imersivas e entregar experiência diferenciada ao usuário, combinando design e informação.

A ideia é que elas despertem o interesse acerca da oferta, portanto tenha atenção ao excesso de informações, isso pode reduzir a taxa de conversão.

Quanto custa uma landing page?

Então você tem uma estratégia de marketing digital, precisa desenvolvê-la e sabe que as landing pages são parte disso, mas como criar uma? E quanto isso pode custar para sua loja?

Agora, estamos falando sobre a criação de landing pages para concessionárias.

Existem basicamente dois caminhos. Sua concessionária pode desenvolver internamente a página, com ajuda de um programador, ou adotar uma ferramenta de marketing digital, que geralmente é a saída mais prática e rápida.

Essas ferramentas permitem editar com praticidade o conteúdo da landing page, que pode conter imagens, vídeos, textos, links de CTA e campos de formulário, tudo feito para ter um resultado final impactante e persuasivo para o visitante da página.

Além disso, elas também ajudam na captação e organização dos leads gerados. 

A questão é que existem diversas ferramentas de marketing digital. Escolher uma deve levar em conta o porte da concessionária, assim com o volume de leads que precisa gerir, as necessidades da loja nesse primeiro momento e, claro, qual a expertise daquela ferramenta no setor automotivo. Até porque estamos falando de um setor cujo consumidor tem uma jornada de compra e um novo perfil.

As ferramentas, sejam em versão paga ou gratuita, permitem que você crie as páginas da concessionária com praticidade. Vamos conhecer algumas delas?

Unbounce

Propõe efetivamente otimizar a landing page e, para isso, disponibiliza designs diferenciados e funcionais, além de templates que já estão prontos para utilizar.

Arrastando itens com o cursor você pode configurar toda a página, buscando uma formatação que seja mais atrativa inclusive para os usuários que acessarem via dispositivo móvel.

É sempre tentador ter um design personalizado e único para a concessionária, mas isso tem um custo: a ferramenta tem um valor mensal que é dos mais altos do mercado, cobrado em dólares.

Existe a possibilidade de testar o uso gratuitamente por trinta dias, o que é uma boa opção para tirar as dúvidas e entender como funciona.

Outra questão é que nem sempre essas ferramentas internacionais, como o Unbounce, possuem integração com o sistema de gerenciamento de leads da concessionária. 

landing page unbounce exemple

RD Station

Já citada aqui no blog da AutoForce em outras oportunidades, trata-se de uma ferramenta de alto potencial e de desenvolvimento nacional, de autoria da empresa Resultados Digitais.

Embora não seja voltada para o segmento automotivo, como a anterior tampouco era, tem um custo mais acessível e cobrado em moeda brasileira.

Sua proposta para os profissionais marketing passa pela possibilidade de integração com as equipes de vendas, afinal sabemos que muitas vezes isso pode ser um problema nas empresas.

É uma solução capaz de atender bem empresas de pequeno e médio porte. Outra vantagem é pode ser manuseada em língua portuguesa, além de possuir funcionalidades fáceis de compreender e operar.

Também possui a possibilidade de teste gratuito e, atualmente, dispõe de mensalidades em planos nas versões Light, Basic, Pro e Enterprise, com valores que vão desde R$59 até R$ 1.989 ao mês.

O único fator que pode pesar na balança da escolha do RD Station é que a ferramenta é voltada para todos os tipos de negócios e não possuem muita expertise no setor automotivo.

landing page rd station

Plataforma Autódromo

É a plataforma de marketing digital desenvolvida pela AutoForce e altamente especializada no segmento automotivo.

Possui valores ainda mais acessíveis que soluções internacionais, mas com a vantagem da expertise no setor. Para conhecer os custos, pode ser solicitado um orçamento gratuito, que vai dar uma dimensão mais exata dos valores.

A proposta dessa solução não se limita à otimização das landing pages para concessionárias, mas contempla a possibilidade de gerenciamento de todo o conteúdo das páginas da loja, seja em portais, showroom virtual ou páginas de seminovos.

Cadastrar ofertas, banners, anúncios de veículos novos ou seminovos, peças, acessórios, propostas de consórcios e serviços… tudo pode ser feito a partir da Plataforma Autódromo.

O foco da ferramenta é gerar oportunidades de negócios para a concessionária. Também pensando nisso, torna possível integrar o site da revendedora de veículos com mais de outros 20 softwares, ampliando bastante as possibilidades de utilização da solução e facilitando o trabalho dos profissionais de marketing automotivo.

No vídeo abaixo, você pode ver como funcionam as landing pages do Autódromo: 

Como construir uma landing page perfeita?

Construir uma perfeita landing page para concessionárias implica apresentar o produto, ou oferta, de forma evidente, dar destaque, descrever com objetividade o modelo e disponibilizar um bom formulário de conversão.

Para abordar melhor cada ponto, vamos fazer um detalhamento em 9 tópicos que podem, definitivamente, ajudar você a construir uma landing page e transformá-la em uma máquina de geração de leads! Veja quais são:

1. Facilite a localização do produto

Coloque o modelo em destaque na página. Para comunicá-lo, utilize linguagem verbal e não verbal: título do modelo e foto/vídeo do veículo.

De preferência, disponha a foto de forma lateral, fazendo com que a frente do carro represente um terço da imagem. Tenha atenção para oferecer aquilo que motivou a entrada do usuário na página. Se ele procura um Fiat Toro, ele não pode cair uma landing page sobre o Fiat Mobi, por exemplo.

É importante ter objetividade com o conteúdo visual e textual. Portanto, destaque estrategicamente o título do modelo e/ou da versão, mas sempre de acordo com o tipo da campanha que está sendo veiculada.

2. Disponibilize um formulário de conversão

O formulário vai comunicar visualmente ao visitante que pode ser fácil obter mais informações sobre o veículo ou a oferta em destaque, basta deixar o contato e aguardar respostas.

Busque ter apenas os campos de preenchimento necessários, para não gerar desconfiança e inibir a ação de conversão do visitante. Se, por um lado, um formulário enxuto facilita a conversão, por outro, o excesso de campos, apesar de garantir uma “qualificação” melhor do lead, pode reduzir a quantidade de conversões. 

Nossa experiência mostra que a qualificação do lead pode ser feita em interações posteriores, feitas pelo encantador de leads. Por isso vale a pena apostar dos formulários curtos. 

Tão importante quanto a objetividade é o posicionamento do formulário na página: faça com que esteja em um lugar estratégico, colocado logo ao lado da leitura do texto. É essencial que ele esteja sempre na primeira “dobra” do site, ou seja, na parte que o usuário visualiza assim que cai na landing page, sem que precise rolar a página.

Lembre-se que, na internet, o usuário lê a página seguindo um padrão de varredura em F. Isso significa que as áreas mais quentes são o canto superior esquerdo, portanto é o lugar perfeito para deixar seu formulário.

Quanto aos botões e links de interação, o melhor é possuírem cor diferenciada na página, deixando evidente a chamada de ação.

3. Insira CTA para contato rápido

Botões Call-To-Action precisam indicar ao usuário quais são as possíveis ações que ele pode realizar para obter mais informações sobre a oferta que está na sua landing page.

Por isso, disponibilizar CTAs de contato pelo whatsapp, chat online ou contato telefônico são importantes para assegurar a conversão do lead.

Até porque  alguns perfis de usuários tem uma resistência por todo contato demorado — o que geralmente é transmitido pela ideia do formulário. Principalmente o público mais jovem tem preferência por uma resolução mais dinâmica das situações, e o uso dos CTAs que citamos pode facilitar isso.

Só não se esqueça de preparar seu time de encantadores de leads para atender imediatamente aos usuários que converterem nessas páginas!

4. Capriche no aspecto visual

Utilize uma galeria de fotos que contenha imagens de todos os ângulos do veículo. Aposte também em vídeos, mas com visualização otimizada para a landing page. Lembre-se que o objetivo é deixar a página o mais atrativa possível.

Apenas tenha cuidado com a exibição do vídeo na versão mobile. Usuários que acessam por meio de dispositivos são maioria, é importante que o recurso visual não comprometa o carregamento da página.

5. Apresente as informações mais relevantes

No caso das landing pages para concessionárias, dados como o tipo de motor do carro, a cilindrada, o número de portas, a capacidade de combustível e os itens de série são essenciais.

Saber quanto o veículo consome, em média, cada litro de combustível por quilômetro rodado e a quantidade de portas podem fazer o visitante desistir ou insistir na compra. Por isso, deve estar evidente o que o veículo em específico possui.

6. Localize sua concessionária

A localização da sua loja deve ser fácil acesso para o visitante. 

Por isso, insira um mapa com a posição geográfica, esclareça os horários de funcionamento objetivamente e apresente links para as redes sociais da loja, bem com os números para contato por telefone.

7. Apresente um diferencial

Deixe evidente o que o cliente vai ganhar comprando aquele veículo e que esse é o diferencial da concorrência.

Assim como qualquer produto com ampla concorrência, uma proposta de valor tem de ser apresentada ao mercado. Assim como em um showroom virtual,  você precisa inserir as condições da oferta e uma chamada de alguma promoção vigente.

8. Utilize o senso de urgência

Insira palavras como “exclusivo” ou “imperdível” e componha chamadas mais apelativas. Vale também implementar um cronômetro para a oferta. O objetivo deve ser comunicar que aquelas condições não vão durar para sempre, é uma oportunidade única.

9. Deixe parte do conteúdo acima da dobra

A maior parte e o conteúdo de maior importância deve ficar acima da dobra. Isso porque o visitante tende a permanecer cerca de 80% do tempo no topo da página. 

Especialmente por esse motivo, tenha cuidado com o excesso de conteúdo, para não tornar a visualização cansativa e dispersa.

Exemplos de landing pages

Agora que já detalhamos as landing pages, ficou mais fácil analisar alguns exemplos.

Abaixo, veja que que a disposição do formulário não ficou exatamente do lado esquerdo, mas não prejudicou a comunicação ou comprometeu o apelo da oferta.

Como a página ainda tem um rolamento para baixo, alguns dados são apresentados lá, como a localização da concessionária, seus horários de funcionamento, os links para as redes sociais e o detalhamento financeiro da oferta. Confira:

redenção renault rodapé

As configurações possíveis de landing pages para concessionárias permitem trabalhar de formas diferentes. 

Observe esta com background em tons escuro. Um detalhe é que o formulário de conversão está exatamente posicionado no local mais estratégico da página, com um cronograma indicando a validade da oferta, o que reforça o gatilho mental de urgência.

granday landing page

Já esta outra concessionária apostou em uma galeria de imagens, com vasta oferta de fotografias, ficha técnica completa e várias possibilidades de apreciação dos ângulos do veículo. Além disso, ao clicar no cta “Agendar test-drive”, abre-se um formulário em popup.

discasa

Conclusão

Neste post investigamos a fundo o universo das landing pages para concessionárias de veículos e colocamos você à par de um grande conjunto informativo que pode servir de incentivo.

Não deixe que o aprendizado limite-se aqui. Entenda melhor sobre landing pages para concessionárias e outros aspectos surpreendentes acessando um ótimo material com 15 dicas práticas de marketing digital para venda de veículos!

ebook dicas práticas de marketing digital automotivoPowered by Rock Convert