Concessionárias na pandemia: veja erros e acertos em 1 ano

Tempo de leitura: 6 minutos

Com o rápido avanço da pandemia em todo país, muitas empresas tiveram que se adaptar. Em especial com uso do marketing digital. Com poucas exceções, passamos por um período de poucas vendas, com as visitas às lojas diminuindo, equipes e showroom cada vez mais enxutas. E, acima de tudo, menos clientes por receio do novo cenário econômico. Foi um período bem complicado para as concessionárias na pandemia.

Contudo, alguns negócios conseguiram se manter rodando. Também, ainda venderam, ainda que em menor volume. Veja, a seguir, acertos e erros das concessionárias diante da crise do Covid-19.

Acerto: apostar na digitalização

Sobretudo, a internet trouxe muitas mudanças para o processo de venda de veículos e serviços para o setor. Isso não é um problema para os dealers que já despertaram para o novo modelo de negócios. Nesse sentido, a aposta na digitalização é, sem dúvidas, um dos maiores acertos no setor automotivo. No entanto, muitas concessionárias ainda não entenderam as demandas do novo tipo de consumidor.

Por ser um novo modelo de negócio, há a resistência para mudar. Por muitas vezes, o que não se sabe pode gerar medo e anseio para mudar e assim várias concessionárias podem acabar ficando para trás, principalmente por não manterem suas portas abertas no digital enquanto estão fechadas fisicamente.

Oferecer ao usuário uma experiência pautada no digital parece ser uma tarefa difícil.  Mas, aqui na AutoForce, nós temos a solução para sua operação poder migrar de vez para o varejo digital. Através do Autódromo, estamos impulsionando o crescimento e a transformação digital no setor automotivo.

Mas o que é o Autódromo e como ele pode ajudar o seu negócio a vender mais com o marketing digital?

Também conhecido como gerenciador de conteúdo, o Autódromo é uma plataforma CMS. Lá você pode criar e gerenciar o conteúdo dos seus sites, landing pages e portais. Tudo isso de forma fácil. Além disso, a plataforma também reúne os principais recursos para execução de uma estratégia digital de marketing voltada para o setor automotivo, como por exemplo:

  • Construção de sites responsivos e focados em conversão;
  • Cadastro de ofertas;
  • Otimização SEO das páginas;
  • Geração e análise de Leads;
  • Mensurar resultados.

O que falta ainda para entrar de cabeça na transformação digital?

Não perca mais tempo. Leia Autódromo: conheça a ferramenta tudo em um de marketing digital para concessionárias. Dessa forma, você entrará de vez no mundo das concessionárias digitais.

Acerto: Utilizar automatização para atender seus clientes

Se você já conhece o marketing digital, com certeza já ouviu falar em automação de marketing. Ela ajudará a sua concessionária a atingir potenciais clientes em grande escala. E de forma personalizada.

A automação de marketing consiste em gerar e nutrir leads qualificados, respeitando seus estágios no funil de compras. Para isso você utilizará ferramentas. Elas irão poupar grande tempo da equipe de marketing e irão te ajudar a oferecer uma melhor experiência de compra ao cliente.

Para você entender melhor: nas automações de e-mail, por exemplo, o envio de conteúdo fica programado como consequência do comportamento do lead. Abertura do e-mail, cliques, inatividade. Tudo é mensurado e desencadeia uma ação específica. Como, por exemplo, o envio de uma mensagem personalizada.

Dessa forma, a automação pode ser uma forte aliada da equipe de vendas. Isso porque ela fará com que o vendedor entre em contato com o cliente quando ele já estiver mais maduro. Ou seja, depois que ele seguir um fluxo.

Dica: automatização não significa que você irá executar uma atividade e poderá deixá-la de lado. É preciso estar sempre atento aos resultados da sua estratégia. Para isso, analise os fluxos e faça ajustes, caso seja necessário.

Erro: Falta de Consistência

Lembre-se: o marketing digital exige consistência. Muitas empresas falham nesse quesito por desconhecimento sobre planejamento. Na falta de uma estratégia digital bem definida, acabam produzindo de forma paliativa e, por isso, colhendo resultados negativos.

O primeiro passo para acertar na produção de conteúdos de valor é a definição da sua buyer persona. Ou seja, o perfil fictício do seu cliente ideal. Portanto, tenha isso em mente ao produzir seu conteúdo e foque em criar publicações úteis, que ajudem seus clientes. Não escreva sobre o que você vende, mas sim sobre o que sabe e compartilhe conhecimento.

Quando falamos em consistência, é importante ressaltar que não há uma fórmula perfeita. Cada negócio possui a sua própria frequência ideal. Ou seja, não adianta postar todos os dias quando os seus conteúdos são superficiais e não entregam valor a ninguém. Faça teste e descubra a melhor estratégia para você.

Erro: Ignorar o boom dos vídeos

Concessionárias na pandemia: vídeos

Por último, não resta dúvida de que o recurso de vídeo vem ganhando cada vez mais espaço. Em 2020, assistimos ao surgimento de redes sociais de vídeos. E sabemos que isso está mexendo na maneira como consumimos vídeos.

De acordo com pesquisa da Kantar IBOPE Media, O consumo de vídeo online cresceu +84% nos últimos três anos.

Portanto, não deixe de usar o potencial do vídeo no seu negócio. No marketing digital para concessionárias, o vídeo funciona bem para apresentar as características dos veículos. Isso pode te ajudar, principalmente no momento de negociar seminovos.

Apresente no vídeo as informações que também estariam presentes numa página. E, além disso, fique atento à qualidade da mídia. Nada de utilizar vídeos em baixa em seu site ou em pop-up. Muito menos vídeos autoplayer. O usuário odeia não ter controle. Evite também formatos que não funcionem bem em diferentes dispositivos.

Dica: Quando um site inclui um vídeo, as chances de gerar resultados em pesquisa orgânica aumentam. Portanto, assim você poderá gerar mais vendas.

Além de utilizar em seu showroom virtual, os vídeos são ótimos como parte da estratégia de mídias sociais. Eles não apenas costumam ser mais compartilhados, como prendem a atenção por mais tempo que um post comum. Você pode fazer comparativos entre os veículos, divulgando pelo Instagram Stories, Reels ou IGTV.

Você também pode investir em uma produção mais elaborada para divulgação no canal da concessionário no YouTube. Com isso, você vai conseguir gerar mais engajamento para o seu perfil. Ainda mais se usar um influenciador em sua estratégia. Isso porque, é muito comum buscar opiniões de outras pessoas quando estamos no fluxo de compra.

Conclusão

A pandemia de Covid-19 acelerou a adaptação à Era Digital. O marketing digital agora é obrigação se você quiser manter a sua concessionária ou revenda aberta. Neste artigo, citamos acertos e erros que você pode ter cometido nesse novo contexto. Você se identificou em algum deles?

Quer aprender mais sobre como manter o seu negócio performando na crise? Clique abaixo para fazer download do eBook que criamos.

ebook dicas práticas de marketing digital automotivo