Tesla: 3 lições de marketing para aprender

Tempo de leitura: 5 minutos

[Total: 3   Average: 5/5]

Hoje, quando se fala em revolução no mercado automotivo e na forma de produzir carros, existe um nome que sempre vem à tona: Tesla. Primordialmente, a montadora, que tem como proposta criar carros e desenvolver tecnologias que não sejam prejudiciais para o meio ambiente, revoluciona o mercado com propostas inovadoras e ousadas.

Ainda mais, de todas as áreas que a empresa possui, o marketing não é diferente nos quesitos tecnológicos e inovadores. Portanto, esse é o foco aqui, neste artigo vamos analisar 3 lições de marketing que podem ser aprendidas com a Tesla.

A empresa

A Tesla foi fundada em 2003 e tem como principal modelo de negócios a produção de carros elétricos. Por mais que esse seja o principal objetivo, a empresa também fabrica outros produtos, como telhas criadas com células fotovoltaicas, para conversão de energia solar em elétrica em casas comuns. Nesse ínterim, um dos grandes marcos da empresa foi quando o famoso empresário Elon Musk entrou na empresa no ano de 2014, trazendo uma bagagem inovadora e ousada para toda a operação da empresa.

Em Janeiro de 2021, a empresa bateu a marca dos U$ 800 bilhões de valor de mercado, sendo a maior montadora de veículos do planeta. Um fato interessante é que a empresa não possui nem 1% de market share no mercado automotivo, provando que tem um diferencial enorme por ter chegado a esse patamar.

Dentre os vários diferenciais da montadora, a estratégia de marketing se destaca, sendo uma das principais responsáveis por fazer a Tesla chegar no patamar atual. Com isso, vamos para algumas lições de marketing que a fabricante de veículos pode nos ensinar.

Lições de marketing aprendidas com a Tesla

1 – Trabalhar a marca

Uma curiosidade interessante é que a Tesla não investe nada em anúncios, seja digitalmente ou fisicamente. Um dos principais motivos para não investirem é devido a produção das fábricas não darem conta com o aumento de demanda repentina que poderia surgir. Outra coisa é a consolidação da marca, assim, o marketing não vê tanta necessidade em anunciar.

Aí pode surgir o questionamento: “Ah, então eu não preciso anunciar?”

Na verdade, é ao contrário. Marcas que não tem nome devem anunciar nos meios que funcionam, cada vez mais buscando essa consolidação. Quem está aparecendo a todo momento é lembrado e ganha o reconhecimento. Acima de tudo, você deve estar no lugar onde todo mundo está olhando: o digital.

Além disso, a Tesla tem sua presença marcada em redes sociais com posts consistentes falando do produto, das aspirações e da marca como um todo. Aqui você pode ver o perfil do Instagram, uma rede social muito utilizada atualmente pela montadora.

2 – Saber que possui um bom produto

A confiança no produto é outro diferencial da Tesla. Por revolucionar um mercado já consolidado com veículos que utilizavam como força motriz combustíveis fósseis, ela necessitou de imensa confiança no seu produto para que essa revolução realmente acontecesse.

Tesla: Elon musk tweet
“A Tesla não anuncia ou paga por propaganda. Ao invés disso, nós usamos nosso dinheiro para fazer o nosso produto melhor” Elon Musk

A imagem a cima, um tweet do CEO da empresa Elon Musk, mostra como a Tesla foca no produto e faz de tudo para está melhorando ele constantemente. Claro que o seu negócio não pode controlar de forma tão precisa a qualidade do produto que se vende, principalmente quando se fala em concessionárias. Mas, o que pode acontecer é a melhora na qualidade do serviço e da estrutura como negócio.

Não é por acaso que a montadora chegou ao tamanho que está tendo uma parcela tão pequena de mercado. Isso mostra que o seu produto conseguiu cativar os poucos clientes que conquistou com o tempo (comparado com outras marcas). Então, além de vender um bom produto é necessário confiar nele e cativar os clientes, mesmo em uma quantidade menor. A Tesla é especialista nisso.

3 – Marketing de conteúdo sobre o produto

Antes de mais nada, a Tesla produz conteúdo sobre seu produto. Não é segredo que educar o público sobre seu produto e serviço pode aumentar a taxa de conversão, essa é uma ótima prática de marketing de conteúdo. A montadora americana tem uma seção no site só falando dos veículos. Com fotos, vídeos e informações técnicas, ela mostra ao público todo o benefício de possuir um carro Tesla.

Veja mais alguns benefícios de utilizar o marketing de conteúdo:

  • O público aprende sobre seu produto (As pessoas compram o que conhecem)
  • Ganho de autoridade no setor
  • Maior taxa de conversão para leads e vendas
  • Clareza na jornada de compra do cliente

Então, fica o questionamento: o que está faltando para produzir conteúdo sobre seu produto?

EXTRA: Faça barulho

Por mais que a empresa não invista nada em mídia paga, ela sempre realiza ações para aparecer na imprensa. Um bom exemplo foi quando um foguete da outra empresa do Elon Musk, SpaceX, foi lançado em órbita com um carro da Tesla acoplado. Ações como essa fazem a empresa aparecer nas mídias por ter se tornado notícia, gerando a famosa publicidade grátis.

Ações de impacto podem fazer com que sua concessionária apareça na mídia e assim você pode também ganhar publicidade grátis.

A Tesla Motors tem muito a ensinar não só sobre tecnologia, mas também sobre marketing. Com todas essas lições, você já tem material suficiente para aplicar no seu marketing e ter resultados exponenciais!