AutoForce: 5 anos transformando vendas complexas em experiências incríveis

Tempo de leitura: 3 minutos

[Total: 2   Average: 5/5]

428 mil leads gerados. Mais de 27 mil veículos vendidos. Quase R$ 2 bilhões em faturamento gerado para o setor automotivo. 

Esses são mais que números. São registros de como a startup potiguar AutoForce, que completa cinco anos nesta quarta-feira (3), tem colaborado nos últimos cincos anos com o desenvolvimento e a transformação digital no segmento.

Criada em meio a uma das maiores crises do setor automotivo, em 2015, a AutoForce nasceu do desejo de ajudar o mercado a se adaptar à nova forma de fazer negócios. Uma profunda mudança estava acontecendo: com a internet, as pessoas não consumiam nada da mesma maneira que antes. O digital parecia ser a grande saída para tirar o mercado da crise. 

“Queríamos empreender com algo que realmente valesse à pena, com um produto que fosse usado e mudasse a vida e os negócios das pessoas”

Tiago Fernandes, CEO e fundador da AutoForce

Assim, em conjunto Isaiane de Mendonça e Clênio Cunha, Fernandes lançou Autódromo, uma plataforma CMS que permite às concessionárias, montadoras e lojas de veículos criarem a gerenciarem showrooms digitais, portais de grupo e landing pages de forma autônoma, contribuindo com seu posicionamento digital e a geração de oportunidades de negócio pela internet.

Em cinco anos, mais de 735 concessionárias em todo o Brasil foram atendidas. Mais de 550 showrooms digitais foram criados.

Mas a mudança não parou por aí. Além de entregar a ferramenta também era preciso ajudar o mercado a compreender a transformação digital e se adaptar a ela

Por isso, a AutoForce investiu no desenvolvimento do Encantamento de Leads, metodologia exclusiva de vendas on-line para o setor automotivo, bem como na publicação de mais de 150 materiais educativos pelo Blog da AutoForce.

Também foram lançados dois cursos gratuitos no AutoForce Academy, com certificação de mais de 650 profissionais do setor automotivo.

“Fazer parte e contribuir para a construção desse ecossistema é uma das sensações mais gratificantes que já experimentamos”

Clênio Cunha, CTO e co-fundador da AutoForce

Levar os clientes ao pódio

Mas ninguém conquista nada sozinho. Você já deve ter ouvido essa frase muitas vezes antes, mas, na AutoForce, ela faz parte dos valores colocados em prática pela empresa todos os dias.

Afinal, esta startup só é o que é por causa da comunidade que criamos. Muita gente já passou pela AutoForce e ajudou para construir o que vemos hoje.

“Uma empresa grande se faz com pessoas extraordinárias, planejamento, muito trabalho e dedicação. Posso dizer que disso a AutoForce tem de sobra. Nestes cinco anos atingimos muitos dos nossos objetivos traçados lá atrás, o que nós dá ainda mais motivação e força para conquistar os objetivos incríveis que estamos planejando para os próximos cinco anos. De uma coisa eu posso ter certeza, o futuro da AutoForce não é apenas um lugar para onde estamos indo, mas sim um lugar que estamos construindo com nossos colaboradores, clientes e parceiros.”

Tiago Fernandes, CEO e fundador da AutoForce

Hoje, no dia 3 de Junho de 2020, somos quase 30 sonhadores, das mais diferentes áreas, unidos pelo mesmo propósito: transformar vendas complexas em experiências incríveis.

“Aprendizado, autoconhecimento, evolução, quebra de conceitos, superação. O ecossistema que criamos, o network que desenvolvemos e as pessoas que nos tornamos fazem com que eu veja a AutoForce como um agente de transformação, ela transforma.”

Isaiane de Mendonça, COO e fundadora da AutoForce

Somos adaptáveis. Levamos o cliente ao pódio. Entregamos além do esperado. Agimos com base em dados. Inovamos para vencer.

Estes valores fazem muito sentido para quem vive a AutoForce. Agimos e pensamos como donos, estimulamos o crescimento de cada racer, somos fortes e nunca desistimos da corrida. A nossa constante é a mudança e estamos sempre preparados para ela.

Queremos continuar ajudando outras empresas, como a sua, a encararem a transformação e alcançarem seu potencial de crescimento.

Vamos juntos?